quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Parte III - Chalice Well: O Manancial do Cálice

Vesica Piscis

Conta-se que Tor (a colina) era um local originalmente druídico e que por esta razão, algumas sacerdotisas viveram nele e cuidavam de um jardim encantado e de um manancial de águas que teriam propriedades medicinais. Alguns o chamam de “Manancial Vermelho”, pois possuí água de coloração avermelhada, rica em ferro, diferente das águas do White Spring, que também fica em Glastonbury. A fonte é marcada por um símbolo chamado de Vesica Piscis, um símbolo hermético e considerado fundamental na geometria sagrada, pois ele representa a dualidade e o simbolismo da divindade e de paz universal. Houve tempos de seca extrema e a única fonte de água vinha desse local. Mais de 100.000 litros de água fluem desse local mágico independentemente do clima exterior. Até hoje não se sabe ao certo qual a profundidade desse manancial. Debaixo da tampa há duas câmaras orientadas pelo Norte e pelo Sul, semelhante as unidades de medida do Antigo Egito. Na fonte chamada “Cabeça de Leão” onde encontra-se um dos três espinhos, florescido milagrosamente do bastão de José de Arimatéia, quando este o introduziu ao chegar em Glastonbury. A fonte deságua no Jardim do Rei Arthur, onde existia uma piscina usada pelos peregrinos. Acredita-se que as águas desse manancial têm poderes medicinais não só pelos minerais em suspensão, mas principalmente pelos poderes que emanam de toda Glastonbury. Chalice Well é situado na intersecção de duas linhas imaginárias, que unem, de um lado Tor e a Abadia, e por outro lado à colina de Wearval Hill, onde segundo as lendas, teria chegado José de Arimatéia, e onde estão as árvores Gog e Magog, que marca o local da antiga entrada dos peregrinos. Esse local é repleto de mistério, cheio de poder e força vibratória relacionada à energia telúrica.

Manancial Vermelho

Jardins de Chalice Well

Tour Virtual: Chalice Well

Texto por mim escrito baseado no livro: Avalon e o Graal - E Outros Mistérios Arturianos.

Por HCA®™

4 comentários:

Criativo de Galochas disse...

Crazy, sua visita é sempre bem-vinda! =)

Aproveitando, o Criativo está de casa e URL nova. Se vc puder alterar o banner, agradeço!

Abs

Marcus - Editor
Criativo de Galochas, Pica-Pau Brazil e Speed Racer Go Brazil

AnjaDarks disse...

Olá!!! Bom, não tem como dizer que esse lugar não possua uma magia, não é mesmo? Lendo a sua matéria e depois fazendo um tour pelo site, é algo maravilhoso. Um lugar lindo, com uma história cheia de magia, energia. Espero um dia desses fazer uma viagem em um lugar desses rs... E parabéns pela matéria!

Um ótimo 2011 pra você, repleto de energias positivas, muito amor, paz, sucesso e proteção!

Beijos no coração

Anja

Lord Daniel Salem, Príncipe da deusa Nyx disse...

adorei muito este outro blog teu! Obrigado por ter gostado das minhas artes :D Volte sempre! Abraço!

Max Coutinho disse...

Oi Angel :D!

Sim, o Vesica Piscis era usado pelas sacerdotisas como um espelho para perscrutar o futuro. Se bem me lembro, acho que lhe chamavam de "o poço de sangue" ou algo assim.

É muito lindo!! E mágico também.

Feliz Ano Novo, minha linda! Que 2011 te traga tudo de bom e, principalmente, que te traga de volta :D!

Beijos