quinta-feira, 16 de julho de 2009

Tanabata Matsuri


Segundo as tradições, o Festival Tanabata Matsuri celebra a história de um amor. Segundo uma lenda chinesa, uma linda princesa de nome Orihime e o pastor chamado Kengyu apaixonaram-se perdidamente deixando de realizar suas tarefas e obrigações diárias para se entregarem e viverem apenas desse grande amor. O poderoso pai da princesa, furioso com a situação, transformou-os em duas estrelas separadas pela Via Láctea. Porém, sabendo da tristeza de sua filha, ele permitiu que ambos se reencontrassem uma vez por ano, no sétimo dia, do sétimo mês do calendário lunar, com uma única condição, o casal deveria atender a todos os pedidos vindo da Terra, nesta data. As estrelas Vega e Altair representam o casal na mitologia japonesa. Portanto, nos dias de Tanabata Matsuri, as pessoas costumam escrever os seus desejos em pequenos papéis chamados de tanzaku e pendurá-los em ramos de bambus enfeitados (sassa dake). Segundo a tradição, os pedidos feitos no encontro das estrelas, serão atendidos como forma de gratidão do casal pela dádiva por eles recebida. Para quem não conhecia, este festival já é bem comum no Brasil e no final de semana passado pude conferir tal festa pessoalmente aqui pertinho de casa e além das músicas e danças tradicionais, a festa contou com exposição cultural, comidas típicas, workshops e oficinas sobre: Animê, Mangá, Ikebana, Tênis de Mesa, Aikidô e muito mais.

5 comentários:

OCP disse...

Esta lenda não conhecia, por cá não temos esse tipo de festivais...
Mas que parece bem interessante, isso parece. Afinal, todos temos que ter magia em nossas vidas, não? ;)

Abraço. :)

Escuteseusolhos.blogspot.com disse...

Olá,estou aqui para pedir parceria através da troca de links com meu blog...
Seu blog é muito interessante!
O que você acha?
Responda em:http://escuteseusolhos.blogspot.com

abraço

Karlla M. disse...

Essas lendas chinesas são curiosas e envolventes. Tem cada história de amos e muitas vezes dramáticas. Legal, eu já conhecia essa lenda, agora fiquei com uma inveja "branca" de você, queria ter participado dessa festa...acho um máximo esse tipo de cultura.Valeu por ter compartilhado.

Dj F.A.T. disse...

Interessante, interessante....viagei na descrição.
Saudades de tu viu?
Beijinhos e fica bem.

Luciano A.Santos disse...

Bonita história. Sou fã de mitologia, mas confesso que nunca li muito a respeito da japonesa. Com certeza estou em dívida.

Grande abraço.