quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Em tempos de crise...

"Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar "superado". Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que as soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la" - Albert Einstein

Depois de ler e refletir sobre esse pensamento fantástico uma pergunta me veio em mente: Por quantas crises nós, seres humanos, ainda teremos que passar e quantas delas iremos superar ?

Albert Einstein foi um homem que viveu na primeira metade do século XX e como sabemos os homens de seu tempo, final do século XIX e início do século XX, sonhavam e acreditavam com um mundo diferente, novas descobertas, novas conquistas das ciências que trariam uma nova luz ao intelecto, desenvolvimento cultural e riqueza. Além disso, sabemos também que o século XX nos trouxe tragédias, desigualdade, intolerância, guerras, destruíção e mortes. Acredito que Einstein, viveu em uma época de crise, uma crise silênciosa, algo que ele via em seu tempo, algo que ele podia sentir e projetar no futuro. Por isso, acredito que este texto é atual e se encaixa com o momento presente, hoje todos sofremos de alguma crise: sentimental, cultural, social, espiritual enfim, uma crise que nos impede de enxergarmos e respeitarmos a nós mesmos e aos outros. Falta respeito, união, bondade, percepção e vontade, mas sobra incompetência, egoísmo, medo e intolerância que muitas vezes nos faz regredir, caminhar para trás apesar de todo desenvolvimento e oportunidades do século XXI.

8 comentários:

Gremista Fanático disse...

Isso me lembrou essa frase.
" Quando um problema tem solução, não precisamos nos preocupar com ele.
E quando um problema não tem solução se preocupar não vai ajudar em nada."

Mais um otimo texto aqui do blog, nada como seguirmos alguns ensinamentos de um dos maiores genios da humanidade. Beijos guria.
Saudações do Gremista Fanático

Mr. Zahta disse...

Ótimo Texto. De repente, "crise" virou uma palavra maldita... Mas, como mostra seu texto, "crise" é um desafio, um obstáculo que torna a superação ainda mais interessante.
Abraços!

Mr. Zahta disse...

Oi de novo. Dessa vez vim aqui avisar que te indiquei num memê, lá no Blaster. Passa lá para ver mais!

OCP disse...

Excelente Texto. :D

E bem actual para o momento que atravessamos a nível global.

Eu sempre achei que devemos sempre ver as oportunidades e o melhor nas coisas ruins, normalmente o ser humano eleva-se nestes momentos e não em tempo de vacas gordas em que relaxamos e deixamos andar as coisas.

Geralmente, quem nunca passou por uma crise, seja ela familiar, sentimental, monetária, etc... não dá o devido valor ao que tem a felicidade de ter.

Abraço. :)

Mendi disse...

Olá passando por aqui para desejar uma semana repleta de paz e carregada de energias positivas.
Deixo um beijo na sua alma e meu abraço poetico.

digitaqueeuteleio disse...

O problema é que nós acabamos nos acostumando com os problemas e, sabendo que eles sempre estarão por perto, não fazemos um esforço suficiente para solucioná-los.

E, também, por acharmos que só os problemas nos cercam, alguns se conformam com isso e passam a viver desta forma negativa, que gera pessoas depressivas, agressivas e tudo mais...

Felizes os que veem e procuram ver "a luz no fim do túnel".

Einstein está sempre vivo. Seus pensamentos são imortais.

É isso aí!
Marcelo.

AnjaDarks disse...

Como sempre, muito bom o texto!

É faz parte da humanidade... passarmos por crises, para vermos até onde iremos por uma situação melhor. Mas também não podemos esperar a crise surgir para assim mudarmos algo. Enquanto houver egoísmo, medo, intolerância.... as pessoas continuarão estagnadas. O que mata é o egoísmo. Tanta tecnologia, mas as pessoas ainda não mudaram o que realmente precisam mudar. Ainda falta muito para isso tudo aqui evoluir...

Beijos

Anja

Mateus Araujo disse...

Meu dEEusss que texto é esse!!
muito bom!
retribuindo a ótima visita :)
Abraçooo